Waze, como a polícia pode evitar o mal uso do App, sem penalizar os usuários

16 de abril de 2013

Waze, para quem ainda não conhece, é um simpático App para Android e iPhone que cumpre a árdua tarefa de ser um Navegador GPS Social. E ao contrário de outros programas que forçam a barra para levar a etiqueta “social” na descrição, o Waze é extremamente competente nesta área, além de ser um ótimo Navegador (ou ele não faria sentido).

Screenshot_2013-04-16-14-33-34Screenshot_2013-04-16-14-34-49Screenshot_2013-04-16-14-36-08
Waze, um APP bacana que faz muito sucesso, só que com o público errado!

Junto aos comandos comuns de qualquer navegador GPS, o Waze possui uma área exclusiva para as conexões sociais, com botões grandes e opções fáceis que podem ser ativadas com um toque.
Assim, os usuários podem alertar os outros rapidamente sobre trânsito lento, acidentes, perigos na estrada, alterações climáticas e principalmente blitz! E é justamente esta parte das blitz vem causando um enorme burburinho na mídia e na polícia esta semana.

Leia o resto deste post »


Um Belo Horizonte

29 de janeiro de 2012

Hoje a tarde choveu bastante aqui em BH. O céu ficou nublado praticamente todo o dia, e somente agora no fim da tarde o sol resolveu se mostrar, deixando tudo muito avermelhado.
Um céu desta cor é muito comum na cidade de onde venho, Ipatinga. Mas lá é devido a poluição, lançada ao ar pela usina.
Em Belo Horizonte não se costuma ver o céu assim, o que deixa tudo ainda mais bonito.

Tomei algumas fotos com o Galaxy SII. Não há nenhum efeito aplicado nas fotos, o tempo estava assim mesmo.

Céu Vermelho

Céu Vermelho

Aqui um arco-íris sépia! Instagram natural?

Céu Vermelho

Aqui outro efeito legal, o “cometa” é na verdade uma gota de chuva que caiu bem no momento em que a foto foi tirada.

Céu Vermelho

Obrigado!


Vão-se as mãos, ficam as idéias!

30 de agosto de 2011

O cartunista sírio Ali Ferzat, ferrenho crítico de regimes árabes violentos e corruptos, foi sequestrado e espancado na última quinta-feira por um grupo de homens encapuzados.
Disseram que o passeio era “só um aviso”, e quebraram-lhe as mãos para impedi-lo de continuar a desenhar.

Ali-Ferzat

Ter sobrevivido já foi uma épico, afinal ele é um velhinho de 60 anos. Mas ficou por isto mesmo, adepto da trollagem, ainda no hospital ele mandou a seguinte mensagem aos raptores:

AliFerzatcartum

HAHA! Nem doeu!

Preparem-se para mais uma enxurrada de memes.


Bin Laden Morto

2 de maio de 2011

Eu estava diante da TV, mas custei a entender direito o que estava acontecendo nos USA no dia 11 de Setembro de 2001 quando o segundo avião atingiu o Word Trade Center.
Naquele momento ainda se achava que poderia ter sido apenas um acidente, mas a partir do segundo ataque, ficou claro, era uma ação terrorista.

O homem que foi para frente das câmeras e assumiu a responsabilidade dos ataques todo mundo conhece, embora poucos no mundo tenham tido contato direto com ele, Osama Bin Laden.

OBAMA BINLADEN/

Neste momento, são 01:00h da madrugada no Brasil, e nos USA milhões estão comemorando a morte deste homem.
Fato confirmado oficialmente pelo próprio presidente estadunidense, Barack Obama.

Foram mais de dez anos de perseguição, e finalmente ele foi encontrado. A sensação que algumas pessoas podem estar tendo agora é que a “guerra contra o terror” acabou, tendo vencido os estadunidenses. Mas o terrorismo está tão espalhado, e aparentemente tão bem estruturado, que embora Osama esteja morto, não será uma perda tão significante a ponto de decretar o fim do problema.
Devem haver mais de cem preparados (e dispostos) para assumir seu lugar.

Seria uma boa hora para os estadunidenses repensarem sua estratégia de contenção do terrorismo, ou mesmo sua intromissão nos assuntos internos dos outros países, mas não creio que isto acontecerá.
A própria forma como Obama declarou sua disposição de matar a qualquer preço Bin Laden ao presidente do Paquistão, denuncia que os estadunidenses ainda precisam aprender que todos os países do mundo tem sua soberania e que ela deve ser respeitada.

Parabéns a Obama pela vitória nas próximas eleições presidenciais.


A Galinha no Armário, um pequeno comentário sobre o massacre de Realengo

9 de abril de 2011

No ótimo filme “O Homem que copiava”, o personagem vivido por Lázaro Ramos bola um plano maluco para matar o pai tarado de sua namorada. Além de um dispositivo que envolve uma geladeira, uma lâmpada e um bojão de gás, o plano também conta com uma pobre galinha presa dentro do armário da cozinha e que teoricamente deverá ser usada para distrair a atenção da polícia, e da mídia quando o assassinato for descoberto.

Apesar de maluco, o plano tem sua genialidade. Usar a banalidade da mídia a seu favor, pois ele sabe que para a mídia, mais importante que um pai de família morto em uma explosão (ninguém sabe que ele é tarado), é o fato da galinha presa no armário ter sobrevivido.

E hoje, lendo mais uma vez as notícias sobre o massacre em Realengo, penso se está em algum manual de jornalismo, usar de qualquer artifício para esticar ao máximo possível um determinado assunto, ainda que seja banalizando-o ao máximo possível também.

Leia o resto deste post »


Japão! Eu tive medo.

11 de março de 2011

Sério, se algo com tentáculos não saiu de dentro desta coisa gigantesca, o mundo não precisa se preocupar com 2012.

Redemoinho gigante no Japão!

Tenho fobia de coisas que são maiores do que deveriam realmente ser (imagine uma folha de taioba!) e quando vi este redemoinho engolindo os barquinhos, tremi nas bases. Ainda bem que não gosto de praia.


Nous ne sommes pas les voitures

7 de abril de 2010

…ou algo assim (já que não estudo francês a uns 20 anos) foi o slogam usado por milhares de motociclistas nas ruas de Paris para protestar contra o projeto de lei que os proibiria de andar entre os carros, segundo a revista Moto Journal.

O Slogam quer dizer “Não somos carros”, e não sendo carros precisamos de regras diferentes, pois com os carros compartilhamos basicamente mmm.. err.. o carona.

motos_protesto_franca Mais de 40.000 lactobacilos franceses (foto Moto Journal)

Cá pra nós, definir regras para o uso dos corredores seria a melhor alternativa, pois o contrário só iria criminalizar uma prática que não vai deixar de existir nunca. Mas o que vejo é gente extremista tanto de um lado quanto do outro, e acredite ambas estão erradas.

Não preciso nem repetir aqui (mas vou) o que já foi dito por bilhões: Enfiar as motos atrás dos carros além de perigoso culminará com o caos no trânsito. Mas liberar que cachorros-loucos passem a mais de 100km/h entre os carros seria uma boa idéia uma carnificina.

Ainda volto a falar deste assunto. Bem como dos maliciosamente incorretos números sobre acidentes com motos.

PS: Se o título estiver errado não me culpem, a culpa é do Google Translator. 😉

Vi a reportagem sobre isto originalmente aqui:
http://sobremotos.solupress.com/sobremotos/news/articles/article4446.asp


%d blogueiros gostam disto: