Waze, como a polícia pode evitar o mal uso do App, sem penalizar os usuários

16 de abril de 2013

Waze, para quem ainda não conhece, é um simpático App para Android e iPhone que cumpre a árdua tarefa de ser um Navegador GPS Social. E ao contrário de outros programas que forçam a barra para levar a etiqueta “social” na descrição, o Waze é extremamente competente nesta área, além de ser um ótimo Navegador (ou ele não faria sentido).

Screenshot_2013-04-16-14-33-34Screenshot_2013-04-16-14-34-49Screenshot_2013-04-16-14-36-08
Waze, um APP bacana que faz muito sucesso, só que com o público errado!

Junto aos comandos comuns de qualquer navegador GPS, o Waze possui uma área exclusiva para as conexões sociais, com botões grandes e opções fáceis que podem ser ativadas com um toque.
Assim, os usuários podem alertar os outros rapidamente sobre trânsito lento, acidentes, perigos na estrada, alterações climáticas e principalmente blitz! E é justamente esta parte das blitz vem causando um enorme burburinho na mídia e na polícia esta semana.

Continue lendo »


Um Belo Horizonte

29 de janeiro de 2012

Hoje a tarde choveu bastante aqui em BH. O céu ficou nublado praticamente todo o dia, e somente agora no fim da tarde o sol resolveu se mostrar, deixando tudo muito avermelhado.
Um céu desta cor é muito comum na cidade de onde venho, Ipatinga. Mas lá é devido a poluição, lançada ao ar pela usina.
Em Belo Horizonte não se costuma ver o céu assim, o que deixa tudo ainda mais bonito.

Tomei algumas fotos com o Galaxy SII. Não há nenhum efeito aplicado nas fotos, o tempo estava assim mesmo.

Céu Vermelho

Céu Vermelho

Aqui um arco-íris sépia! Instagram natural?

Céu Vermelho

Aqui outro efeito legal, o “cometa” é na verdade uma gota de chuva que caiu bem no momento em que a foto foi tirada.

Céu Vermelho

Obrigado!


Vão-se as mãos, ficam as idéias!

30 de agosto de 2011

O cartunista sírio Ali Ferzat, ferrenho crítico de regimes árabes violentos e corruptos, foi sequestrado e espancado na última quinta-feira por um grupo de homens encapuzados.
Disseram que o passeio era “só um aviso”, e quebraram-lhe as mãos para impedi-lo de continuar a desenhar.

Ali-Ferzat

Ter sobrevivido já foi uma épico, afinal ele é um velhinho de 60 anos. Mas ficou por isto mesmo, adepto da trollagem, ainda no hospital ele mandou a seguinte mensagem aos raptores:

AliFerzatcartum

HAHA! Nem doeu!

Preparem-se para mais uma enxurrada de memes.


Bin Laden Morto

2 de maio de 2011

Eu estava diante da TV, mas custei a entender direito o que estava acontecendo nos USA no dia 11 de Setembro de 2001 quando o segundo avião atingiu o Word Trade Center.
Naquele momento ainda se achava que poderia ter sido apenas um acidente, mas a partir do segundo ataque, ficou claro, era uma ação terrorista.

O homem que foi para frente das câmeras e assumiu a responsabilidade dos ataques todo mundo conhece, embora poucos no mundo tenham tido contato direto com ele, Osama Bin Laden.

OBAMA BINLADEN/

Neste momento, são 01:00h da madrugada no Brasil, e nos USA milhões estão comemorando a morte deste homem.
Fato confirmado oficialmente pelo próprio presidente estadunidense, Barack Obama.

Foram mais de dez anos de perseguição, e finalmente ele foi encontrado. A sensação que algumas pessoas podem estar tendo agora é que a “guerra contra o terror” acabou, tendo vencido os estadunidenses. Mas o terrorismo está tão espalhado, e aparentemente tão bem estruturado, que embora Osama esteja morto, não será uma perda tão significante a ponto de decretar o fim do problema.
Devem haver mais de cem preparados (e dispostos) para assumir seu lugar.

Seria uma boa hora para os estadunidenses repensarem sua estratégia de contenção do terrorismo, ou mesmo sua intromissão nos assuntos internos dos outros países, mas não creio que isto acontecerá.
A própria forma como Obama declarou sua disposição de matar a qualquer preço Bin Laden ao presidente do Paquistão, denuncia que os estadunidenses ainda precisam aprender que todos os países do mundo tem sua soberania e que ela deve ser respeitada.

Parabéns a Obama pela vitória nas próximas eleições presidenciais.


A Galinha no Armário, um pequeno comentário sobre o massacre de Realengo

9 de abril de 2011

No ótimo filme “O Homem que copiava”, o personagem vivido por Lázaro Ramos bola um plano maluco para matar o pai tarado de sua namorada. Além de um dispositivo que envolve uma geladeira, uma lâmpada e um bojão de gás, o plano também conta com uma pobre galinha presa dentro do armário da cozinha e que teoricamente deverá ser usada para distrair a atenção da polícia, e da mídia quando o assassinato for descoberto.

Apesar de maluco, o plano tem sua genialidade. Usar a banalidade da mídia a seu favor, pois ele sabe que para a mídia, mais importante que um pai de família morto em uma explosão (ninguém sabe que ele é tarado), é o fato da galinha presa no armário ter sobrevivido.

E hoje, lendo mais uma vez as notícias sobre o massacre em Realengo, penso se está em algum manual de jornalismo, usar de qualquer artifício para esticar ao máximo possível um determinado assunto, ainda que seja banalizando-o ao máximo possível também.

Continue lendo »


Japão! Eu tive medo.

11 de março de 2011

Sério, se algo com tentáculos não saiu de dentro desta coisa gigantesca, o mundo não precisa se preocupar com 2012.

Redemoinho gigante no Japão!

Tenho fobia de coisas que são maiores do que deveriam realmente ser (imagine uma folha de taioba!) e quando vi este redemoinho engolindo os barquinhos, tremi nas bases. Ainda bem que não gosto de praia.


Nous ne sommes pas les voitures

7 de abril de 2010

…ou algo assim (já que não estudo francês a uns 20 anos) foi o slogam usado por milhares de motociclistas nas ruas de Paris para protestar contra o projeto de lei que os proibiria de andar entre os carros, segundo a revista Moto Journal.

O Slogam quer dizer “Não somos carros”, e não sendo carros precisamos de regras diferentes, pois com os carros compartilhamos basicamente mmm.. err.. o carona.

motos_protesto_franca Mais de 40.000 lactobacilos franceses (foto Moto Journal)

Cá pra nós, definir regras para o uso dos corredores seria a melhor alternativa, pois o contrário só iria criminalizar uma prática que não vai deixar de existir nunca. Mas o que vejo é gente extremista tanto de um lado quanto do outro, e acredite ambas estão erradas.

Não preciso nem repetir aqui (mas vou) o que já foi dito por bilhões: Enfiar as motos atrás dos carros além de perigoso culminará com o caos no trânsito. Mas liberar que cachorros-loucos passem a mais de 100km/h entre os carros seria uma boa idéia uma carnificina.

Ainda volto a falar deste assunto. Bem como dos maliciosamente incorretos números sobre acidentes com motos.

PS: Se o título estiver errado não me culpem, a culpa é do Google Translator. 😉

Vi a reportagem sobre isto originalmente aqui:
http://sobremotos.solupress.com/sobremotos/news/articles/article4446.asp


A insustentável beleza da guerra

27 de março de 2010

Ontem, dia 26 de Março de 2010 um grande contingente de professores paulistanos se reuniu em frente ao Palácio dos Bandeirantes reivindicando melhores condições de trabalho. Foram recebidos a bomba de gas, spray de pimenta e cassetetes.

Esta é a forma do governo José Serra de lidar com os seus funcionários. Nada de conversa, nada de negociação. Está insatisfeito, vai para o pau-de-arara. E no futuro, alguns destes manifestantes ainda irão ter “ficha suja”, passível de ser utilizada contra eles caso se candidatem a alguma coisa.
Agora imagine uma empresa privada onde os seguranças fizessem o mesmo com funcionários em greve, que tipo de punição seria devida?

Mas não quero falar de política ainda, e sim de uma imagem que está correndo a internet hoje. Uma imagem captada em meio a guerra que se transformou a manifestação dos professores, quando o governador mandou soltar os cachorros sobre eles.

No meio da multidão, da fumaça e dos gritos, um policial ferido e um professor. Dois lados de uma pequena guerra, gerando uma imagem belíssima que só uma guerra é capaz de proporcionar.

A foto é do fotógrafo Clayton de Souza:

guerra-em-saopaulo


São Paulo… sem palavras

28 de janeiro de 2010

Juro que tão cedo não reclamo de Belo Horizonte. “Ainda” não chegamos lá.

Fala São Paulo, fala Dona Maria:


A Grande Viagem

31 de dezembro de 2009

Já faz algum tempo que estou planejando fazer uma viagem na minha moto (NXR Bros 150). O destino escolhido desde o princípio é a cidade onde mora meu avô materno no norte de Minas. Conhecida como “Manga”, é uma cidadezinha pacata e hospitaleira nas margens do rio São Francisco. Seguindo o curso do rio, é a última cidade mineira antes de se atingir o sudoeste da  Bahia.

gfu_800_00009168
Copyright norticias@hotmail.com

Continue lendo »


Tio Wilson – O lorde das estradas

8 de novembro de 2009

Da infância até o meio da adolescência o único Wilson que eu saberia dar notícia seria o Sr. Wilson, da série de desenhos (e filme) “Dênis, o Pimentinha”. O nome de origem inglesa pertencia a um senhor carrancudo, mal humorado que sofria com as peraltices do vizinho nanico que sempre aprontava peripécias destruindo algo/tudo na casa do pobre velhinho.

Por volta de 1990 (acho) fiquei conhecendo outro Wilson, totalmente inverso do primeiro, generoso, alegre, de bem com a vida e principalmente de uma jovialidade que contrastava completamente com sua cara de Tio. Sim pois embora eu nunca tenha ficado sabendo da idade verdadeira dele a cabeça calva e os olhos profundos denunciavam que ele tinha alguns anos a mais nas costas do que nós, o grupo de jovens com a qual ele passava as tardes de sábado. Cruéis que éramos todos os jovens(jovens) apelidamos o amigo de “Tio” Wilson. Ele não se importava, creio eu e acho que até gostou, pois brincadeiras a parte ele sempre teve todo o nosso respeito e admiração por ser uma pessoa muito ativa e empreendedora no nosso meio, não negando-se a participar de qualquer coisa que planejássemos fosse viagens, acampamentos, cinema, etc..

Pois que certa vez ocorreu que meus pais resolveram ir morar em Montes Claros devido a falta de emprego na cidade onde residíamos. Fiquei arrasado, pois morava em Ipatinga minha vida toda, embora tenha nascido em Montes Claros, todos e tudo que eu conhecia estava em Ipatinga. Entrei numa depressão horrível.

Algumas semanas antes de nos mudarmos, Tio Wilson comentou comigo que iria fazer uma viagem com a família dele para a cidadezinha de Milho Verde, próxima a Diamantina. Ele já havia viajado para lá por uns dias e quis dar aos pais este presente.
Eles iriam de Kombi e justamente nos dias da viagem seu cunhado desistiu de ir, e ele me chamou para ocupar a vaga, tudo pago por conta dele.
No início não quis ir pois estava muito triste, e além disso por ser menor de idade minha mãe não queria permitir, pois sempre foi apavorada de deixar que seu filhos saíssem de debaixo de suas asas.
Mas com uma lábia de adolescente o Tio Wilson convenceu nós dois, e lá fui eu rumo a Milho Verde.

A viagem agradabilíssima também teve a companhia de meu amigo Adilson Mariano, que nos seguia de carro com um amigo. E nas paradas pelos pontos turísticos descíamos todos e íamos visitando as cidadezinhas que fazem parte deste trecho da Estrada Real.

MILHO VERDE (3)Nesta foto estão eu e o Tio Wilson, na pedra dos Reis Magos a caminho de Diamantina. 

Continue lendo »


Moto nova, vida nova!

19 de outubro de 2009

Embora não tenha comentando nada aqui, já a algum tempo vendi a Speed 150 da Dafra e estava em busca de uma nova moto. Da Speed ficou a sensação de bonitinha mas ordinária, pois nunca vi um produto tão, mas tão problemático! E olhe que já fui assíduo usuário de placas mãe PC-Chips 😀 (pé-de-china), portanto comprar outra moto sino-brasileira estava descartado. Fiquei na dúvida sobre a nova TITAN 150 da HONDA ou a FACTOR 125 da YAMAHA. O principal problema era o preço, pois ambas na minha opinião custam muito caro sendo motos tão simples.

Eis que a sorte bate em minha porta, uma das empresas onde trabalho tinha uma pequena frota de motos guardadas desde de 2004. Eram modelos Honda Bros 125 ano 2004. Duas brancas com partida a pedal, uma azul também a pedal e uma branca com partida elétrica. A muito tempo atrás, antes de comprar a Speed eu tive vontade de comprar uma destas motos, mas a empresa estava impedida judicialmente de vende-las por problemas que não tomei conhecimento.
O problema foi resolvido logo depois que eu comprei a Speed, e agora depois de me livrar dela surgiu a vontade de comprar uma destas motos. Todas elas com menos de 5000km rodados.

Quando fui averiguar eles já haviam vendido 3 delas, tendo sobrado apenas uma das brancas com partida a pedal.
Ela estava encostada já a uns 3 anos, e embora tivesse rodado apenas 2850km, o tempo é um inimigo cruel para motocicletas que ficam muito tempo paradas.

Pedi para ficar com a moto por uns dias e testar para ver como ela se comportava comigo, o que foi permitido.
A primeira impressão foi – Nossa, como é alta! Mesmo medindo mais de 1,80m senti as pernas bem esticadas com ela parada, e quando andei, a diferença causada pelo centro de gravidade mais alto também me incomodou um pouco.
Mas bastou dar umas voltas com a moto para saber de uma vez por todas que este é o meu estilo! Senti a moto muito mais sob controle do que qualquer outro modelo Street. A posição de pilotagem quase sentado é muito confortável, e a coroa enorme oferece uma força muito grande mesmo para um motor OHV de 125CC, enfim apaixonei com a moto.

A primeira coisa que fiz foi leva-la numa concessionária da HONDA perto de casa e solicitar que fizessem uma revisão completa, também troquei a bateria que estava pifada e coloquei os retrovisores originais e as alças do carona que haviam sido retiradas sei lá porque. Gastei de cara uns 350,00 nesta brincadeira, mas a moto se tornou minha eleita!

Só faltava acertar a compra! No total a moto sairia para mim por R$5.000,00, o preço da tabela FIPE com pagamento parcelado sem juros. Um negócio excelente!

Continue lendo »


Horário de Verão

18 de outubro de 2009

18 de outubro:

Repórter: – E começa hoje o horário de verão. A economia de energia pode chegar a XXX zilhões de quilowatts! O suficiente para alimentar uma cidade do tamanho de Curitiba por uma semana!

24 de Dezembro:

Repórter: – E hoje a prefeitura acendeu as luzes de natal que vão iluminar a cidade até o ano novo. A quantidade de energia gasta é de XXX zilhões de quilowatts! O suficiente para alimentar uma cidade do tamanho de Curitiba por uma semana! Mas quem se importa…

Ou seja, estou acordando uma hora mais cedo pra cidade poder ficar bonitinha no natal! Fuuuuuuuuuuuuuuuuuuuu!


E a crise continua

27 de junho de 2009

fuuuuu-crise


O que você realmente precisa saber sobre a gripe suina

11 de maio de 2009

Bom, todo mundo tem visto nos jornais que a onda do momento é a Gripe Suína, Influenza A/H1N1, gripe do Porco ou ainda gripe argentin… digo mexicana etc.
Como todo assunto que gera ibope e aumenta as vendas dos jornais a Influenza A/H1N1 tem sido destrinchada diariamente para que todos possam entender exatamente do que se trata e se tornarem especialistas no assunto. Mas acho que estão exagerando na quantidade de informações entregue ao público comum e esquecendo o que realmente importa.

Fato é que dificilmente uma pessoa comum, destas que só assistem ao Domingão do Faustão vão conseguir entender conceitos complexos como A/H1N1, H3N2, RNA, DNA e outros.
Sendo assim a contaminação vai continuar e em breve seremos todos zumbis comedores de cérebro.

A avó da minha esposa por exemplo, reclamou que viu um monte de reportagens dizendo que cozinhar ou assar a carne de porco elimina qualquer traço do vírus, mas ninguém falou o que acontece quando se frita a carne!
Tentei explicar para ela que qualquer procedimento que eleve a temperatura  da carne acima de 70º é capaz de matar o vírus, mas ela disse que não tem coragem de enfiar a mão na gordura quente para sentir a temperatura….

Pensando nisto estou lançando este guia para entender como funciona esta nova gripe e o que você pode fazer para evitá-la. Tudo bem fácil e didático.

Continue lendo »


Olá Mundo!

28 de fevereiro de 2009
Olá Mundo!
Finalmente, depois de passar um bom tempo da minha vida acompanhando o blog de pessoas e empresas, eis que resolvo criar o meu próprio.
A quem tiver paciência de ler estas páginas, informo que não seguirei uma linha bem definida, o assunto do dia será algo que eu vi e que tenha me chamado muito atenção.
Geralmente falarei sobre coisas engraçadas envolvendo minha vida, da minha esposa e do meu cachorro, e nossas respectivas profissões que são, técnico de informática, pesquisadora e bem…cachorro.

Ai vou eu!


%d blogueiros gostam disto: