Quanto você gasta com apps para Smartphone?

android-marketEu sempre venho batendo na mesma tecla de que, é muita pãoduragem piratear deixar de comprar aplicativos pagos para Smartphones, já que salvo algumas exceções eles custam uma ninharia.
A maioria está na casa dos centavos a poucos dólares, bem menos do que os parrudos aplicativos para WINDOWS, MAC ou LINUX.

Mas tem aquele ditado fatal que diz: “De grão em grão a galinha enche o papo”. E de centavos em centavos a Google enche as tufas de dinheiro. E a Apple também diga-se de passagem.

Fiz um pequeno levantamento, destes seis meses depois que comprei o Milestone, para saber quanto exatamente venho gastando com aplicativos e tomei um susto. Se tivesse que chutar assim sem pensar bem quanto eu já gastei no Market, teria apostado no máximo, estourando uns US$ 40,00. Assim mesmo porque comprei o Logmein, que é um app bem caro (US$ 29,99). Mas a realidade está bem longe deste valor, desde a primeira compra, já gastei exatos: US$ 75,66!!!

Nunca eu iria imaginar que aqueles inocentes appzinhos iriam comer tanto dinheiro. A graça é que individualmente você nem percebe, devido o preço baixo. Algumas vezes a taxa por usar o cartão em compras internacionais custa mais que o aplicativo em si.

Provavelmente um usuário normal não gasta tanto, já que são poucas as pessoas que precisam de aplicativos caros como o LogMeIn rodando no celular. Mas mesmo assim, descontando os 29,99 que gastei com ele ainda sobram US$ 46,66 ou mais de R$ 80,00.

É um valor bem alto, já que com programas para computador eu não gasto tanto durante um ano, dou preferência a aplicativos gratuitos ou opensource. E este valor ai eu atingi em apenas seis meses no Market.

A maior parte deles é de aplicativos para melhorar a usabilidade do Android, como os widgets de controle de energia, Bluetooth e cartão SD. Os demais em sua maioria são jogos e principalmente emuladores. Aliás o maior culpado com o gasto em emuladores foi o Game Gripper, que eu comprei já a algum tempo.
Ele é um acessório que transforma o android em um mini console portátil. Na verdade a única coisa que presta no teclado físico do Milestone é poder encaixar este acessório.

IMAGE_052

No fim das contas, os aplicativos que comprei foram:

– LogMeIn (Controle Remoto)
– Asphalt 5 HD (Jogo / Corrida)
– Dual Mount SD WidGet (Permite o uso do cartão pelo Celular e pelo PC ao mesmo tempo)
– Super BT Mono Pro (Envia todo o audio do celular para o fone de ouvido Bluetooth mono)
– Player Pro (Um player de música que tem navegação por pastas, para que odeia playlist)
– Phone Locator Pro (Ajuda a achar seu telefone roubado *Muito bom*)
– Extended Controls (Um Widget com funções bem avançadas para controle de energia)
– Battery Indicator Pro (Informa a porcentagem da bateria na barra em números)
– Gensoid (Emulador de Mega Drive)
– PSX4Droid (Emulador de Playstation)
– SNesoid (Emulador de SNES)
– Font Size (Aplicativo que falei no post anterior)
– PiQu image viewer ( Podre não compre!)
– Screenshot It (Tirar fotos da tela)
– Também comprei o “Nova” direto do site da Gameloft pois quando comprei o Asphalt HD no Market ele sumiu após atualizar o aparelho e não voltou mais!

Agora com o passar do tempo, e estando o aparelho rodando bem lisinho, as compras naturalmente diminuem de quantidade, ficando restritas a algumas novidades badaladas e para sanar alguma necessidade que vai aparecendo. Não tenho mais vontade de ficar vasculhando o Market atrás de programas.
Este aliás é um problema para o qual tanto a Google quanto a Apple deveria procurar uma solução. Manter o usuário interessado em sua lojinha de apps.

Os comentários estão desativados.

%d blogueiros gostam disto: